passeio
15 de julho de 2019 Última atualização: 15:49
Por Eleni Nogueira
Foto: Haroldo Kalleder


A praia da Enseada é um bom ponto de partida no Guarujá. Seus cerca de 6km apresentam excelente infraestrutura, em uma orla perfeita para caminhar ou pedalar, com muitos restaurantes e, de presente, o maior aquário da América do Sul, bem de frente à praia. O queridinho Acqua Mundo é um verdadeiro complexo de entretenimento, com grande variedade de animais aquáticos em exposição, além de praça de alimentação (choperia, sorveteria e cafeteria), loja temática e estacionamento.

Foto: Haroldo Kalleder

Siga sentido praia das Pitangueiras, para uma deliciosa incursão pela avenida Marechal Deodoro da Fonseca, com seu aprazível calçadão repleto de árvores. Aproveite para fazer aquela selfie no belo letreiro com a frase “Eu Amo Guarujá”. A região é repleta de cafés e restaurantes para aquela paradinha saborosa.

Foto: Haroldo Kalleder


Para os amantes do surfe, a dica é uma visitinha ao Pirata Surf Club (abre de quinta-feira a domingo, das 9h às 17h), um espaço histórico, inaugurado em outubro de 2008, ao lado do restaurante Tahiti. Só a decoração dos dois espaços já vale o passeio.  Mais à frente, a Feira de Artesanato, com 83 expositores e uma infinidade de artigos para presentes. Siga e encontre o Shopping La Plage com uma bela vista para a praia e para a ilha Pombepa.  Nos arredores, vendedores de pipoca, algodão doce e suvenires garantem a alegria das crianças.

Foto: Haroldo Kalleder


Fora da região central, há opções históricas nos dois extremos: na divisa com Santos, no Morro da Barra,  encontra-se um dos maiores patrimônios históricos da região, a Fortaleza da Barra Grande de Santo Amaro, uma edificação militar construída no século XVI, durante a unificação dos governos português e espanhol (1580-1640), com a finalidade de defender a Vila de Santos de ataques de piratas. A vista para o estuário santista é de tirar o fôlego.

Foto: Helder Lima


A fortaleza abriga o primeiro museu da cidade, o Museu Histórico Fortaleza de Santo Amaro da Barra Grande. Dentre os destaques, um painel de mosaico de vidro de 20 metros quadrados, última obra do mestre e artista plástico Manabu Mabe, chamado Vento Vermelho. Há ainda dois canhões originais e uma réplica, azulejos hidráulicos, uma bala de canhão, réplicas de naus e fotos que registram parte da história da edificação.


O Museu conta com visitas gratuitas monitoradas de terça à sexta-feira, das 9h às 17 horas; aos sábados, das 10h às 16 horas; e aos domingos, das 9h às 15 horas.  Para grupos acima de dez pessoas é preciso agendamento pelo e-mail fortalezadabarra@gmail.com.


No outro extremo, na divisa com Bertioga, vislumbram-se as ruínas de Santo Antônio de Guaibê, do século XVI. A igreja, construída em 1560 por José Adorno, ergue-se bem junto ao canal de Bertioga.  O acesso à trilha que leva ao monumento histórico é feito pela rodovia Ariovaldo de Almeida Viana, mais conhecida como SP-61 Guarujá-Bertioga.

São eles que farão suas experiências inesquecíveis. Errar na escolha de um produto ou serviço pode prejudicar qualquer experiência. Nossos parceiros lhe garantirão momentos ímpares.