aventuratrilhascachoeiras
14 de outubro de 2019 Última atualização: 16:33
Por Da Redação
Gavião Bombachinha
Gavião Bombachinha Foto: Aluízio Durço Bernardino

Duas aves raras no estado foram avistadas em Bertioga, durante o 11º Curso de Observação de Aves da Birding Brasil, realizado nos dias 5 e 6 de outubro, no Parque Estadual Restinga de Bertioga. No encontro inusitado, foram vistos o martinho ou martim-pescador-miúdo (Chloroceryle aenea) e o maçarico-de-bico-fino (Calidris bairdii), ambos na praia de Itaguaré. O momento foi registrado pelas lentes fotográficas de Marcelo H. Marques e Tania Mara de Camargo, respectivamente. 

Maçarico-de-bico-fino
Maçarico-de-bico-fino Foto: Aluízio Durço Bernardino


A oportunidade de ver pássaros raros e tantos outros ocorre por meio de uma parceria entre a Fundação Florestal e a Birding Brasil. O curso é voltado para biólogos, monitores ambientais, guias turísticos, estudantes, ambientalistas, fotógrafos da natureza, a comunidade de observadores de aves que é internacionalmente conhecida como 'birdwatchers', e demais entusiastas. 

Observadores de aves na trilha do Itaguaré
Observadores de aves na trilha do Itaguaré Foto: Aluizio Durço Bernardin


Acredita-se que a observação de aves possa movimentar o turismo e, segundo a bióloga Tietta Pivatto, em texto publicado em seu blog no ano de 2006, a estimativa é de que mais de 600 turistas tenham vindo ao Brasil especificamente para este propósito, o que movimentou cerca de US$ 1 milhão. Por falta de levantamentos oficiais, acredita-se que a observação de aves possa promover uma movimentação turística da ordem de milhares de pessoas por mês, e incremente a economia turística em milhões de reais anualmente.


Curso

O curso foi ministrado por Carlos Otávio Araujo Gussoni, doutor em ciências biológicas (zoologia), pós-doutorado em zoologia, ambos pela Unesp, e especializado em ornitologia. A capacitação foi dividida em atividades teóricas e práticas na identificação e observação de aves. Para ele, a observação de aves é uma grande oportunidade para incentivar a educação ambiental, conservação e aumento do conhecimento local sobre as aves presentes na região.


Durante a parte prática, em meio à restinga, os participantes vislumbraram a rica diversidade de aves de Bertioga. Durante a manhã de atividades práticas, foram registradas 91 espécies de aves que corroboram com o artigo científico recém-publicado na revista Unisanta Bioscience, cujo autores são Marcelo Bokermann e Sandra Regina Pardini Pivelli, como o gavião-bombachinha (Harpagus diodon) fotografado por Celmo Coutinho. Além dele, as aves raras no estado citadas acima. 


Para os participantes da Associação Bertioguense de Ecoturismo (Abeco) e da Associação de Monitores Locais de Bertioga (Amolb), o conhecimento adquirido durante o curso será utilizado para melhorar a prestação de serviços de monitoria local e condução de fotógrafos de natureza, bem como aumentar a observação de avifauna presente nos parques de Bertioga e suas praias.

,Praia de Itaguaré, Praia de Itaguaré, São Paulo
Veja a melhor rota

Temos mais dicas pra você

Nos acompanhe

São eles que farão suas experiências inesquecíveis. Errar na escolha de um produto ou serviço pode prejudicar qualquer experiência. Nossos parceiros lhe garantirão momentos ímpares.