atrativoshistoricos
30 de maio de 2018 Última atualização: 13:53
Por Estela Craveiro
Foto: Renato Inácio

Nomeado em homenagem aos índios nativos que por ali viviam, o Parque dos Tupiniquins, criado em 2004, no entorno do Forte São João, em Bertioga, é um oásis de frescor em dias quentes, com bancos para momentos de descanso sob suas frondosas árvores centenárias, com vista para o mar e para o canal.


Ocas abertas, uma canoa e esculturas em tamanho natural dos padres jesuítas Padre Anchieta e Manoel da Nóbrega, durante catequização dos índios, remetem a imaginação ao capítulo inicial da história brasileira, quando colonizadores portugueses avançavam terra adentro, e os índios guerreavam entre si.


Para lembrar, lá está a escultura do índio Cunhambebe, cacique tupinambá famoso por sua crueldade. E também a escultura do explorador holandês Hans Staden, ao lado de um índio carijó capturado, que lhe foi dado de presente como escravo, e com ele aprisionado pelos tupinambás, dos quais se livrou com muita lábia. 


O parque é um cenário perfeito para momentos de ócio e mergulho no passado. E, ao longo do ano, recebe apresentações teatrais e outros eventos de arte realizados ao ar livre. Aproveite!



Quer visitar?

O Parque dos Tupiniquins abre diariamente, das 9h à 17h, entrada grátis; avenida Vicente de Carvalho, s/n.

São eles que farão suas experiências inesquecíveis. Errar na escolha de um produto ou serviço pode prejudicar qualquer experiência. Nossos parceiros lhe garantirão momentos ímpares.